A essência continua...


Como amante da palavra e nostálgica por natureza sempre fui adepta aos apontamentos. Quando adolescente mantive dezenas de agendas/diários onde registrava todos os meus passos, pensamentos e anseios. Até que no longínquo ano de 2003 descobri os blogs, diários virtuais onde agora poderia registrar as mesmas recordações, com uma única e fundamental diferença, elas já não seriam mais minhas. Estariam publicas explicitamente para todos os que acessem o meu diário eletrônico, com mais um agravante, o mundo inteiro poderia acessa-lo.

Por muitos anos, porém, isso não representou nenhum problema. Adorava dividir meus momentos com amigos e atenciosos desconhecidos, nesse período aprendi muito com as trocas de opiniões, experiências, pensamentos...

Mas no processo natural da vida a gente cresce, absorve novos conceitos, assume novas posturas e, às vezes, acaba deixando no passado a doçura e o encanto de coisas que tanto nos fazia bem. E foi assim com o meu diário virtual. Acabei assumindo outros perfis de blogs (como o TDM), deixando o conteúdo pessoal de lado e me reservando, cada vez mais. Com o crescimento da internet e a criação das redes sociais passei a questionar cada vez mais o grau de exposição que eu estava disposta a me submeter, e com isso fui cada vez mais me censurando, privando-me de escrever sobre particularidades minhas, que demonstrassem inteiramente quem sou, o que penso.

E ai numa tarde de sábado, ouvindo uma boa música e sem muita opção do que fazer na internet voltei ao meu velho blog e comecei aleatoriamente a reler alguns posts. Não me reconheci, e prontamente me questionei o que teria acontecido com aquela "Juliny". Pra onde havia ido aquela menina/mulher sonhadora, de palavras sinceras e coração pulsante? Me deu uma saudaaaaade de escrever. Exatamente assim, como estou fazendo agora. Sem nenhuma super pretensão, apenas pelo simples prazer de escrever, de me fazer em palavras.

E ai, pra não ressuscitar o antigo blog - que fez parte de um outro momento da minha vida - nem ter que criar um novo espaço (do qual eu não daria conta rs) resolvi criar uma nova "sessão" aqui no TDM e nasceu o "Dear Diary", esse espaço onde pretendo compartilhar com você os meus mais singelos pensamentos, bobagens importantes do dia a dia, coisas que eu jamais contaria, se não fosse num diário, e para uma amiga.

Seja super bem vinda e se acomoda por que lá vem história...




Juh Barreto

Apaixonada por Bytes e Bits, açaí e comida japonesa. Jornalista por amor, social media por função e blogueira por vocação. Quer continuar esse papo? Me manda um email: contato.tdm@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário