30 de junho de 2012

(Meus) Óculos de grau GIGANTES


Alguns chamam de "tendência", outros de "nerdice", "estilo", "coisa de Geek", enfim. Indiferente a opinião alheia eu assumo: sou apaixonada pelos óculos gigantes. E essa paixão por óculos de grau, acreditem, não é de hoje. 

Diferente de qualquer criança (especialmente menina) normal eu sempre sonhei em usar óculos e aparelho nos dentes  - eu sei, sonho bizarro, mas eu juro, que sabe-se Deus por que, era verdade.

O aparelho nunca "chegou" (ainda!) e quanto aos olhos de vidro, demorou bastante para que eu descobrisse, super por acaso (no exame para tirar a carteira de habilitação no DETRAN), que eu realmente precisava deles. Sim, eu sou míope e que finalmente os mimozinhos passariam a fazer parte da minha vida. E o que pra algumas pessoas poderia ser um tormento pra mim tornou-se algo super divertido. Comecei a pesquisar sobre modelos de óculos e logo fui me apaixonando pelos maiores (o que já era bem comum, entre os óculos de sol). Leonina extravagante que adora chamar atenção, sabe como é.

Entretanto, do meu despertar de interesse até a consumação do fato houve um longo processo. Afinal, o bom senso existe para ser exercitado, e não é sempre que algo que a gente acha o máximo em fotografias, cai bem no nosso rostinho/corpinho, né? #ficaadica

Então o primeiro passo, depois da longa pesquisa, foi comprar uma armação fake, que eu batizei de "óculos style", ou seja, um óculos com lentes sem grau, de armação produzida com  um material mais simples, mas que no rosto causa um super efeito de verdadeiro, dando o estilo que se busca por um preço, obviamente, mais barato.

A minha intensão era ver como eu me adaptaria ao visual, como as pessoas ao meu redor se adaptariam e, claaaaaaaaro, se eu sustentaria o carão e os "oclãos" afinal, apesar de toda "tendências", os bixinhos ainda chamam muita atenção.  E sim... eu sustentei. Chamei atenção sim, surgiram apelidos de "Chiquinha" à "Beth - a feia", mas que eu encarei numa boa, entrei na brincadeira e dei boas risadas.

Depois do teste, conclui: É ISSO MESMO QUE EU QUERO. E ai fui para o terceiro passo: comprar um óculos de verdade. Acabei optando por um da coleção "Vista", da ChilliBeans. Paguei um valor razoavelmente satisfatório (em comparação a outras marcas disponíveis no mercado),levei numa ótica de confiança (isso é importante, porque a troca de lentes pode danificar seu "investimento"), coloquei as lentes com o meu grau, direitinho como mandava a receita e pronto: a felicidade passou a reinar no meu ser. rsrsrs

Tô super feliz e acho que não vai parar por ai... já estou de olho (agora, nítidos) em outros modelos... e em breve, terei novidades.


Resumo da obra: apesar do longo processo da pesquisa à compra, acho que foi o melhor que eu poderia fazer e o que - seguramente - aconselharia a todo mundo que, por acaso, esteja pensando em mudar de óculos, optar por uma lente de cor, adotar um novo look, fazer uma tatuagem, enfim. Faça experimentos, pense, repense, pesquise e pense outra vez, pra não gastar dinheiro a toa ou se arrepender de algo irreversivelmente.

E pra você que também se apaixonou pelos óculos gigantes, separei algumas imagens para seu deleite, acomode-se e ouse!!!




[Dani, linda!!!]
 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato






PARCEIROS



INSTAGRAM